Trump não reconduziria Powell como chair do Fed


© Reuters. Chair do Fed, Jerome Powell
31/01/2024
REUTERS/Evelyn Hockstein

(Reuters) – O ex-presidente Donald Trump não indicará novamente o chair do Federal Reserve, Jerome Powell, se vencer a eleição presidencial deste ano, disse o líder republicano à Fox Business em uma entrevista exibida nesta sexta-feira.

“Não, eu não indicaria”, disse Trump em resposta a uma pergunta sobre se ele indicaria novamente Powell, cujo segundo mandato de quatro anos como presidente termina em 2026.

Trump disse que acredita que Powell vai reduzir as taxas de juros para ajudar as perspectivas de reeleição do presidente norte-americano, Joe Biden.

“Acho que ele vai fazer algo para ajudar os democratas”, disse Trump.

Na quarta-feira, Powell e o Fed sinalizaram que tinham concluído o ciclo de alta das taxas e que agora estavam esperando para ter mais confiança na queda da inflação para sua meta de 2% antes de reduzir as taxas, algo que Powell disse ser provável que aconteça este ano.

Biden, um democrata que venceu Trump na disputa pela Casa Branca em 2020, reconduziu Powell a um segundo mandato em 2021.

Trump escolheu Powell em 2017 para liderar o banco central dos EUA, mas o presidente republicano se voltou contra ele logo após sua posse em fevereiro de 2018.

Nos meses que se seguiram, Trump atacou Powell e o Fed com frequência por aumentar os custos dos empréstimos, especialmente conforme o mercado acionários norte-americano caía e os rendimentos da dívida do governo começavam a sinalizar uma possível recessão no futuro.

Trump alertou para uma “inflação maciça” se as tensões no Oriente Médio elevarem os preços do e da energia.

Os ataques a navios por rebeldes houthis apoiados pelo Irã na rota crucial de navegação do Mar Vermelho têm prejudicado a navegação no Canal de Suez, a rota marítima mais rápida entre a Ásia e a Europa.

(Reportagem de Dan Burns e Doina Chiacu)



Add a comment