Mizuho vê ETF de bitcoin como ameaça à Coinbase


© Mundo Crypto PR

Investing.com – A Mizuho Securities reafirmou sua recomendação de venda e seu preço-alvo de US$ 60 para as ações da Coinbase (NASDAQ:), a maior plataforma de negociação de criptomoedas dos Estados Unidos, em um relatório divulgado na segunda-feira. A corretora japonesa questionou se o fundo de índice (ETF) de bitcoin, que começou a ser negociado em outubro de 2023, está prejudicando o desempenho da Coinbase.

Segundo os analistas da Mizuho, a Coinbase esperava que o aumento dos ativos sob gestão (AUM) dos ETFs de bitcoin impulsionasse a demanda por seus serviços de negociação à vista. No entanto, o que se observou foi o contrário: os ETFs que usam a Coinbase como custodiante tiveram mais saídas do que entradas de recursos (-US$ 6 bilhões no GBTC desde 11 de janeiro, contra +US$ 4,9 bilhões em outros sete ETFs custodiados pela Coinbase).

Além disso, os volumes de negociação à vista na Coinbase caíram após o lançamento do ETF (US$ 1,9 bilhão em volume diário médio desde 13 de janeiro, contra US$ 2,5 bilhões nos 30 dias anteriores). Para a Mizuho, isso indica que o ETF de bitcoin está competindo com a Coinbase pelo mercado de investidores em criptomoedas.

A corretora também apontou que há uma grande diferença entre as taxas que a Coinbase cobra dos clientes de varejo e as que recebe pela custódia dos ETFs. Isso significa que o crescimento dos ETFs pode reduzir as margens da Coinbase e pressionar os preços das ações. Os analistas da Mizuho afirmaram que esse cenário parece estar se materializando com as recentes quedas nos preços da Coinbase.



Add a comment