Inflação (PCE) dos EUA sobe 0,2% em dezembro, conforme esperado


© Reuters.

Investing.com – A , medida pelo índice de preços PCE, apresentou alta de 0,2% em dezembro, segundo dados divulgados nesta sexta, 26. A expectativa consensual era de 0,2% e, em novembro, o indicador recuou 0,1%. Com isso, a variação anual do PCE segue em 2,6%.

O , que exclui energia e alimentos, também subiu 0,2% em dezembro, conforme projeções, ante alta de 0,1% do mês anterior. Assim, o índice passou de 3,2% para 2,9% na comparação anual.

Após a divulgação dos dados, às 10h33 (de Brasília), o contrato perdia 0,22%, o recuava 0,13%, e o estava em baixa de 0,47%. O caía 0,14% e o registrava perda de 0,06%, a R$4,9138.

“Após a rodada de indicadores de atividade econômica fortes de dezembro e da surpresa da primeira estimativa para o PIB no quarto trimestre, os números de dezembro do PCE deverão ser mais uma vez celebrados e animar aqueles que ainda esperam que os juros poderão começar a cair nos EUA já no primeiro trimestre”, aponta o economista-chefe da Nomad, Danilo Igliori.

Todos os componentes mostram dinâmica benigna, na visão de Sávio Barbosa, economista-chefe da Kínitro Capital, apesar da inflação de moradia (housing) com ritmo forte, ainda que indicadores antecedentes apontem para uma desaceleração futura.

“Em nossa visão, o Core PCE deve seguir desacelerando na comparação anual e caminhar para próximo de 2% ao ano ao longo de 2024. Acreditamos que essa dinâmica benigna da inflação permitirá que o Fed comece a cortar juros já no primeiro semestre de 2024”.

Quer bater os mercados com as melhores estratégias de investimentos? Acesse o InvestingPRO!

Tenha 10% de desconto adicional na promoção de Ano Novo, que já possui preços até 50% OFF. Use o cupom “INVESTIR” para o plano Pro+ anual ou “investirmelhor1” para o plano Pro+ 2 anos. Apenas até 31 de janeiro!



Add a comment