Futuros do cacau sobem mais de 2%, café e açúcar enfraquecem



NOVA YORK (Reuters) – Os contratos futuros do negociados na ICE subiram mais de 2% nesta quinta-feira, com o contrato de Londres subindo para um nível recorde, à medida que o mercado da matéria-prima para a fabricação de chocolate continua a ser impulsionado pela oferta restrita.

CACAU

* O contrato março do subiu 92 libras, ou 2,4%, a 3.975 libras por tonelada, após estabelecer um recorde de 3.992 libras.

* Os operadores observaram que os contratos em aberto pelo cacau londrino continuavam subindo, com os especuladores aumentando as posições longas num contexto de fundamentos favoráveis.

* O contrato março do cacau em Nova York subiu 2,8%, para 4.956 dólares a tonelada, depois de atingir uma máxima em 46 anos, a 4.981.

CAFÉ

* O contrato março do robusta fechou em queda de 18 dólares, ou 0,5%, a 3.287 dólares a tonelada.

* Operadores disseram que o mercado perdeu terreno depois de estabelecer uma máxima contratual de 3.379 dólares na terça-feira, mas permaneceu sustentado pelo aperto na oferta na Europa, em parte devido à interrupção do fluxo de suprimentos asiáticos através do Mar Vermelho.

* O março do café arábica ficou quase estável a 1,942 por libra-peso.

AÇÚCAR

* O contrato março do bruto recuou 0,57 centavo, ou 2,4%, a 23,56 centavos de dólar por libra-peso, caindo ainda mais em relação à alta de sete semanas da semana passada de 24,62 centavos.

* O contrato março do açúcar branco caiu 2,1%, para 652,20 dólares a tonelada.

(Reportagem de Nigel Hunt e Marcelo Teixeira)



Add a comment