Bitcoin supera US$ 47 mil com 90% dos investidores no lucro; alta continua?


© Reuters.

Investing.com – O retomou a trajetória de alta e voltou a superar os US$ 47 mil nesta sexta-feira, 9, com a maioria dos investidores da moeda digital registrando ganhos.

Segundo dados da blockchain, houve um aumento no número de carteiras de grandes investidores, chamados de baleias, com mais de 1.000 bitcoins, durante a escalada que começou no meio da semana.

O bitcoin, que ficou em uma faixa de negociação por cerca de uma semana, disparou hoje para a zona de US$ 47 mil e segue em tendência positiva. O movimento atual alimentou as expectativas de que o bitcoin possa romper a resistência de US$ 50 mil, após sair da fase de consolidação.

Um dos defensores do bitcoin, PlanB, baseado em seu modelo Stock To Flow, que relaciona a oferta e a demanda da moeda, afirma que o ímpeto de alta vai continuar, dizendo que atualmente 90% das carteiras de bitcoin estão no lucro. PlanB destacou que os pontos laranja no gráfico representam a situação atual e que os pontos vermelhos, que indicam que todas as carteiras de bitcoin estão no lucro, sucedem os laranjas, seguindo as tendências dos períodos anteriores.

O analista de bitcoin também ressaltou que, desde o recorde de US$ 69 mil em novembro de 2021, o número de carteiras de bitcoin lucrativas atingiu o nível mais alto. PlanB, por meio de sua análise gráfica, acredita que não haverá uma correção até que todas as carteiras estejam no lucro. Foi mencionado que os 10% restantes que estão no prejuízo são aqueles que compraram na região de pico de 2021.

Dados da Santiment sugerem que a recente alta é liderada por baleias

A plataforma de análise blockchain Santiment, em sua última publicação, associou o movimento de alta ao aumento dos ativos nas grandes carteiras de bitcoin. Foi apontado que a quantidade de ativos nas carteiras das baleias chegou ao nível mais alto em 14 meses, enquanto a confiança no bitcoin parece estar em uma tendência ascendente.

Por outro lado, alguns especialistas acreditam que o recente ímpeto de alta foi motivado pela valorização dos mercados de ações dos EUA. Tanto que o fechou em níveis recordes, subindo para 5.000 pontos. O e o também se aproximaram de seus níveis recordes. Isso indica um aumento no apetite por risco, com as criptomoedas também se beneficiando da situação atual.

O bitcoin, na última hora, teve uma valorização de quase 5% em uma base diária, subindo para US$ 47.700, alcançando seu nível mais alto desde 11 de janeiro.



Add a comment