Agricultores suíços protestam contra os baixos preços dos produtos


© Reuters.

ZURIQUE (Reuters) – Agricultores suíços levaram seus tratores até Genebra neste sábado para protestar contra o aumento dos custos e os baixos preços dos seus produtos, juntando-se a um movimento que se espalhou por toda a Europa.

Cerca de 30 tratores estacionaram em uma praça no centro da segunda maior cidade da Suíça, com cartazes que diziam “O nosso fim será a sua fome”.

“A minha preocupação é que a agricultura deixe de existir na Suíça”, disse Lionel Dugerdil, enólogo e agricultor de Satigny.

Na região de Basileia, agricultores e seus cerca de 40 tratores também participaram de protestos.

Protestos de agricultores eclodiram em vários países europeus, num sinal de insatisfação diante dos baixos preços dos produtos, aumento dos custos, importações baratas e restrições impostas pelo esforço da UE em combater as mudanças climáticas.

“Os nossos problemas são sobretudo problemas econômicos”, disse Rudi Berli, presidente da União dos Agricultores de Genebra Uniterre. Berli disse que os dois principais distribuidores da Suíça ditam os preços que são pagos aos agricultores que, por sua vez, exigem mais transparência no mercado.

Segundo Berli, os manifestantes pedem ao parlamento medidas que permitam aos agricultores negociar de forma mais justa com os compradores de produtos agrícolas.



Add a comment